Governo quer variante da Trofa em 2010
Transportes & Negócios


A variante ferroviária da Trofa, na Linha do Minho, poderá ser inaugurada em 2010, segundo anunciou a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, na cerimónia de consignação da empreitada da segunda fase deste empreendimento.

O projecto prevê 3,5 quilómetros de ferrovia, a construir num prazo de 15 meses, com um troço em viaduto e outro em túnel, que encurta em 500 metros o traçado actual.

O valor do investimento é de 24,5 milhões de euros, incluindo a construção da nova estação da Trofa que, para além de uma área comercial, terá também estacionamento para 170 veículos e interface para metro, autocarro e táxis.
 
A primeira fase da intervenção foi iniciada em Janeiro de 2008 e passa pela construção de um túnel de 800 metros. Segundo a secretária de Estado, actualmente deverão faltar ainda 200 metros de túnel, que deverá completar-se em Janeiro de 2010. No total ambas as fases vão custar cerca de 65,7 milhões de euros.
 
Ana Paula Vitorino enfatizou o impacto que esta obra pode ter no plano regional, nacional e mesmo internacional, nomeadamente na concretização do projecto de Alta Velocidade. "A melhoria das condições operacionais da Linha do Minho, viabilizadas pela variante da Trofa, são também imprescindíveis para assegurar a concretização da primeira fase da ligação de Alta Velocidade Porto-Vigo", explicou.

A Linha de Alta Velocidade Porto-Vigo deverá colocar as duas cidades a apenas uma hora de distância, em vez das actuais três horas e meia. O projecto será faseado, sendo construída uma linha de raiz entre Braga e a fronteira, e modernizada a via entre a Invicta e a cidade dos arcebispos.




Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 16–A, Queluz de Baixo
2730-176 Barcarena
Email: geral@apoe.pt

Sem eventos disponíveis
AGENDA 2021
Novembro
D S T Q Q S S
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30