Transporte Expresso contesta exclusão às ajudas de custo do gasóleo profissional
APOE


COMUNICADO


Lisboa, 28 de Março de 2008 — No passado dia 17 de Março, foi anunciada pela Sra. Secretária de Estado dos Transportes a introdução do gasóleo profissional mais barato para os transportadores rodoviários de passageiros, uma medida a ser implementada até ao final do primeiro semestre deste ano.

Vem a APOE — Associação Portuguesa de Operadores Expresso, que integra os principais operadores de Transporte Expresso a operar em território nacional, lamentar veementemente a não inclusão dos operadores expresso de mercadorias no leque de beneficiários desta decisão, porquanto a mesma poderá auxiliar a minimizar o impacto que os sucessivos aumentos do preço do combustível tem nos custos das empresas que representam o sector.

“Consideramos que o alargamento do gasóleo profissional aos operadores expresso seria um impulsionador da economia portuguesa, ao reduzir o impacto que o actual custo do combustível tem nas tarifas praticadas às empresas que necessitam de transportar as suas encomendas quer nacional quer internacionalmente”, refere Olivier Establet, Presidente da Associação. “Estamos totalmente abertos ao diálogo com a Sra. Secretária de Estado, o qual deverá acontecer nos próximos dias, para que o dossiê possa ser finalizado com todos os intervenientes no processo”.

Criada em 2003, a APOE agrupa os seis principais operadores de Transporte Expresso em Portugal, a Chronopost Portugal, DHL, MRW, Rangel Expresso, TNT, UPS.




Rua Soeiro Pereira Gomes, nº 16–A, Queluz de Baixo
2730-176 Barcarena
Email: geral@apoe.pt

Sem eventos disponíveis
AGENDA 2018
Setembro
D S T Q Q S S
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30